SINDICATO DO COMERCIO VAREJISTA DE FEIRANTE
E VENDEDOR AMBULANTE NO ESTADO DE GOIÁS

NOTA AOS FEIRANTES E AMBULANTES DO ESTADO DE GOIÁS

NOTA SINDIFEIRANTE GO

Considerando a classificação pela Organização Mundial de Saúde – OMS da situação
mundial do Coronavírus – COVID-19 como pandemia;

Considerando a Lei Federal nº 13.979, de 06 de fevereiro de 2020;

Considerando o alerta emitido em 11 de março do corrente ano pelo
Ministério da Saúde, Portaria nº 356/2020, que estabelece medidas para
enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional
decorrente do Coronavírus – COVID-19;

Considerando o Decreto Estadual nº 9.637/2020, alterando o Decreto nº
9.633/2020, que dispõe sobre a decretação de situação de emergência na saúde
pública do Estado de Goiás, em razão da disseminação do novo Coronavírus –
COVID-19;

O SINDIFEIRANTEGO ( Sindicato Do Comercio Varejista de Feirante e Vendedor
Ambulante no Estado de Goiás ) informa que apoia às determinações visando à
prevenção ao coronavírus (Covid-19), orientando aos seus filiados e Contribuintes
pertinente a sua Categoria Feirantes Feira Livre e Especial, e Ambulantes que sigam
rigorosamente as recomendações das autoridades de saúde, visando que esta
entidade sindical SINDIFEIRANTEGO não esta medindo esforços para tentar
sanar o Problema junto ao Governo Estadual e Municipal de todo o Estado,
assim evitar Grandes Prejuízo a toda Categoria. Além da prevenção é necessário
que, em caso de sintomas graves, a procura imediatamente o atendimento médico
especializado. Todas as medidas de prevenção são fundamentais para o combate à
pandemia.

Informa ainda que o Decreto nº 9.637, de 17/03/2020, em seu Art. 1º relaciona as atividades que ficam suspensos pelos próximos 15 dias:

“Art. 2º

  • – todas as atividades em feiras, inclusive feiras livres;
  • – todas as atividades em shopping centers e nos estabelecimentos situados em galerias ou pólos comerciais de rua atrativos de compras;
  • – todas as atividades em cinemas, clubes, academias, bares, restaurantes, boates, teatros, casas de espetáculos e clínicas de estética;
  • – atividades de saúde bucal/odontológica, pública e privada, exceto aquelas relacionadas ao atendimento de urgências e emergências.

…….”

Dicas Importantes: 

Forneça álcool em gel e toalhas de papel para clientes e colaboradores; Lavar as mãos com regularidade; Evitar apertos de mão e abraços.

Atenciosamente,

SINDIFEIRANTEGO